A Árvore de Natal

origem-Arvore-de-Natal-

Em muitos países, o abeto ou o pinheiro são símbolos do Natal. Primeiro porque é uma árvore que existe naturalmente nesses países, e depois porque fica verde quando outras plantas perdem as folhas e parecem mortas.

Significava, mesmo antes de se celebrar o Natal, a vida e a esperança pelo regresso da Primavera.

Ramos verdes penduravam-se por cima das portas para acolher os espíritos portadores de boa sorte.

Com a celebração do Natal, estes costumes foram aceites pela prática cristã.

A tradição de ter em casa a Árvore de Natal decorada começou na Alemanha, no século XVI, e foi passando para outros países.

A Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de NatalA Árvore de Natal

Nos Estados Unidos, a tradição chegou vinda da Europa, mas aí a árvore não pode ser pequena: tem de chegar até ao tecto! Decora-se com doces, figuras e frutos.

Mais tarde foi sendo iluminada e começaram a ser decoradas também enormes árvores nas ruas.

Decoramos com…
– anjos, pavões, aves e estrelas. (Polónia)
– figuras de madeira pintada, de animais e crianças. (Suécia)
– bandeirinhas, estrelas e sinos, flocos de neve e corações. (Dinamarca)
– leques e lanternas de papel. (Japão)
– gaiolas de palha (para haver boas colheitas), estrelas e formas geométricas. (Lituânia)
– decorações de cascas de ovo pintadas. (República Checa e Eslováquia)
– uma aranha e uma teia (para dar sorte). (Ucrânia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *